O que comer nas confraternizações sem desviar da vida saudável?

As confraternizações de fim de ano são quase que obrigatórias , sendo um bom momento para se divertir, mas muitas vezes representam um desafio para quem quer manter o foco em uma vida saudável. Não é preciso se privar dessas situações, mas sim fazer escolhas melhores, aproveitar com moderação e continuar com a prática regular de exercícios. 

A primeira dica é fazer um lanche saudável antes de sair de casa, assim você evita chegar com muita fome à confraternização. Em bares, restaurantes ou na casa de amigos, é possível, sim, curtir as companhias e fazer escolhas alimentares baseadas no bom-senso. Por exemplo, se o encontro da turma for em um bar, evite petiscos como fritura e molhos, prefira os grelhados ou naturais. Se houver buffet, abuse das hortaliças e folhas verdes, que auxiliam na sensação de saciedade, e invista em carnes brancas grelhadas ou assadas, como frango e peixe, e use uma fruta como sobremesa, rica em fibras, como maçã, pera, kiwi, melão, melancia.

Panetone, rabanada e farofa são alimentos não saudáveis, e é melhor evitar, ou comer o mínimo possível. Já as oleaginosas, a exemplo de amêndoas, nozes e castanhas, também comuns no cardápio natalino, são boas pedidas para quem quer manter o foco também no final de ano. Se optar por beber moderadamente, escolha destilados como vinho tinto, ou gin e coquetéis leves. Lembre-se também de intercalar o consumo alcoólico com bastante água, para manter bons níveis de hidratação do corpo e amenizar o calor desta época . O importante é deixar de confraternizar mas sempre fazendo escolhas inteligentes!

Clínica Waisman