3 Exercícios Físicos para Terceira Idade

Texto construído com a colaboração do Professor de Educação Física, Ivan Xavier.

O envelhecimento causa inúmeros problemas, como o aumento de doenças crônicas, incapacitantes, limitações físicas e perdas cognitivas, que exigem medidas que possam minimizá-los.

Para que esse processo seja positivo e que proporcione autonomia, sem limitações, praticar uma rotina de exercícios físicos regulares, principalmente na terceira idade é fundamental.

Entre as principais rotinas, classifico como as mais adequadas:

1 . ALONGAMENTOS: Ajuda a manter a forma físicas, evita atrofiamentos, melhora a flexibilidade e a circulação sanguínea, promovendo maior autonomia e redução de dores articulares..

2. TREINAMENTO RESISTIDO (musculação) : Promove a redução da sarcopenia (perda de massa muscular), osteopenia (perda de massa óssea), ajudando tbem na prevenção e tratamento de outras doenças crônicas como diabetes, hipertensão arterial e artroses. Além de também contribuir bastante com a autonomia do idoso.

3. EXERCÍCIOS AERÓBIOS (caminhadas ou corridas ou natação, bicicleta, etc..): Promovem a melhoria da condição cardiovascular, além de contribuir na prevenção e tratamento de algumas doenças crônicas, como osteoporose, diabetes, artrites e artrose, hipertensão arterial e etc.

Além de todos estes benefícios, ainda podemos citar que a prática de exercícios físicos também promovem a inclusão social, que é de grande importância para a saúde cognitiva e mental.

O envelhecimento saudável é fruto da decisão de incorporar rotinas positivas na vida do idoso, e a prática de exercícios físicos de forma regular é uma das mais importantes.

Clínica Waisman